Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Para uma cronologia europeia

Terça-feira, 13.07.04
  • O PM Durão Barroso demitiu-se da liderança do Governo português antes de ser eleito pelo PE para o cargo de Presidente da CE porque se queria apresentar «como um cidadão europeu» e não como líder do Governo português - disse Durão aos eurodeputados do PSE. Na mesma intervenção o futuro Presidente da CE criticou os EUA pela sua ocasio­nal «arrogância». Ao ser questionado no PE, Durão disse que, se por um lado era um grande admirador dos EUA, tam­bém detestava o que descreveu de «arrogância americana» e o «unilateralismo», admitindo que a decisão de apoiar os EUA na guerra contra o Iraque «foi a mais difícil de toda a sua vida». Não obstante, manifestou que não se arrependeu da sua decisão, dizendo ter sido «impossível manter-se neutral numa situação em que há uma guerra entre um aliado e um regime como o de Saddam Hussein». Falando sobre o seu futuro papel à frente da CE, disse que vai presidir como um político e não como um tecnocrata, mas também como um «reformista do centro» capaz de fazer a ponte entre as diferentes fa­mílias políticas da Europa e os «frequentemente apáticos e cépticos» eleitores do Continente. Admitiu ainda pretender tornar o PEC «mais credível e eficaz». De parte está, no entanto, a possibilidade de alterar o docu­mento.
  • O PE terá um novo grupo de centro, a terceira força política desta instituição. A Aliança de Liberais e Democratas pela Europa (ALDE), que contará com 88 eurodeputados de Itália, França, Bélgica, Lituânia e Espanha, segundo informou o Presidente dos liberais euro­peus, Graham Watson. O grupo ALDE reúne os 67 eurodeputados do Grupo Liberal Europeu, mais os seguidores do francês François Bayrou (UDF) e do centrista italiano Fran­cesco Rutelli, além dos eurodeputados trabalhistas lituanos e os radicais italianos. O objectivo desta nova aliança é «desempenhar um papel chave no novo PE», segundo se refere num comunicado emitido. O ex-Ministro polaco Bronislaw Gemerek será o candidato deste grupo à presidência do PE.
  • João de Deus Pinheiro foi eleito 1º Vice-Presidente do Grupo do PPE no PE, tendo sido o único candidato a ultrapassar os 200 votos.
  • Sentença do Tribunal Europeu de Justiça (TEJ) que decidiu a anulação da suspensão dos processos por défice excessivo levantados pelo ECOFIN à França e à Alemanha.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Joao Pedro Dias às 10:23






links

ORGANIZAÇÕES EUROPEIAS

COMUNICAÇÃO SOCIAL



comentários recentes

  • Jorge Greno

    Mas então o Português deixou de ser língua oficial...

  • Pedro

    Bom dia,O Casa Europa está novamente em destaque n...

  • Henrique Salles da Fonseca

    BRAVO!!!Todos os políticos no activo praticaram o ...

  • O mais peor

    Até que enfim o sapo destaca um blogue de valor qu...

  • De Puta Madre

    Eu Gostaria que o Espaço Europeu não Tivesse nos S...

  • Dylan

    Se no caso egípcio, algumas pessoas acharam por be...

  • Carlos Medeiros

    Gostei do post. Estou totalmente de acordo. E cons...

  • silveira

    Não é isso que diz a notícia!... De qualquer forma...

  • silveira

    Se eu fosse juíz sentiria vergonha por esta rejeiç...

  • silveira

    É claro como água!... Para voltarmos a ter justiça...