Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Recordando Gdansk

Terça-feira, 31.08.10

Faz hoje precisamente 30 anos que foram assinados os Acordos de Gdansk, entre os trabalhadores dos estaleiros navais e o governo polaco, que puseram fim a duas semanas de greve quase geral na Polónia. Os Acordos, que institucionalizaram formalmente a existência do Solidariedade, deram aos trabalhadores, pela primeira vez num Estado do bloco soviético, o direito de serem liderados pelos representantes que escolheram, o direito a formarem associações livres e o direito à greve. Da sua existência não poderá ser dissociada a figura tutelar e providencial de João Paulo II, que havia ascendido à liderança da Igreja católica a 16 de Outubro de 1978. 30 anos depois, muito na Europa mudou: implodiu a URSS, caiu o Muro de Berlim, reunificou-se a Alemanha, nações constituíram-se em Estados, outros desapareceram dando origem a novas realidades estaduais, a União Europeia ampliou-se ao absurdo, desapareceram o Pacto de Varsóvia e o COMECON, a democracia e a liberdade, com raras excepções, varrem o continente, do Atlântico aos Urais. O que não está dito nem escrito, em lado algum, é que a crise de valores e de princípios que surgiu associada a toda esta vasta revolução que nos foi dado viver, bem como o triunfo duma certa teologia do mercado, não tenham contribuído para criar novos desafios identicamente exploradores da condição e da dignidade humanas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Joao Pedro Dias às 19:19






links

ORGANIZAÇÕES EUROPEIAS

COMUNICAÇÃO SOCIAL



comentários recentes

  • Jorge Greno

    Mas então o Português deixou de ser língua oficial...

  • Pedro

    Bom dia,O Casa Europa está novamente em destaque n...

  • Henrique Salles da Fonseca

    BRAVO!!!Todos os políticos no activo praticaram o ...

  • O mais peor

    Até que enfim o sapo destaca um blogue de valor qu...

  • De Puta Madre

    Eu Gostaria que o Espaço Europeu não Tivesse nos S...

  • Dylan

    Se no caso egípcio, algumas pessoas acharam por be...

  • Carlos Medeiros

    Gostei do post. Estou totalmente de acordo. E cons...

  • silveira

    Não é isso que diz a notícia!... De qualquer forma...

  • silveira

    Se eu fosse juíz sentiria vergonha por esta rejeiç...

  • silveira

    É claro como água!... Para voltarmos a ter justiça...