Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Concordo

Segunda-feira, 04.02.08
Com Vital Moreira, sobre a questão da independência do Kosovo:

«depois de reconhecer a independência do Kosovo, com que legitimidade é que a UE recusará reconhecer a "República turca de Chipre", bem como os demais pequenos Estados de facto que se separaram da Moldávia, da Geórgia, etc.? E se os kosovares tiverem êxito na secessão, com apoio da UE, o que é que impedirá outras minorias territoriais, por essa Europa fora, de reivindicar também a sua independência? Será que a geografia política europeia vai fragmentar-se ainda mais, de acordo com o enorme mosaico étnico?»

E, a propósito deste post, lembrei-me, por exemplo, do País Basco, da Catalunha, da Sicília, da Córsega - sem poder deixar de sentir uma terrível inquietação sobre o acolhimento que pode vir a ter esta nova doutrina sobre a independência de novos Estados.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Joao Pedro Dias às 18:32






links

ORGANIZAÇÕES EUROPEIAS

COMUNICAÇÃO SOCIAL



comentários recentes

  • Jorge Greno

    Mas então o Português deixou de ser língua oficial...

  • Pedro

    Bom dia,O Casa Europa está novamente em destaque n...

  • Henrique Salles da Fonseca

    BRAVO!!!Todos os políticos no activo praticaram o ...

  • O mais peor

    Até que enfim o sapo destaca um blogue de valor qu...

  • De Puta Madre

    Eu Gostaria que o Espaço Europeu não Tivesse nos S...

  • Dylan

    Se no caso egípcio, algumas pessoas acharam por be...

  • Carlos Medeiros

    Gostei do post. Estou totalmente de acordo. E cons...

  • silveira

    Não é isso que diz a notícia!... De qualquer forma...

  • silveira

    Se eu fosse juíz sentiria vergonha por esta rejeiç...

  • silveira

    É claro como água!... Para voltarmos a ter justiça...