Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



As condições do resgate

Quarta-feira, 13.06.12

Lentamente vão-se desvendando as condições associadas ao resgate financeiro da banca espanhola, num processo que continua a primar pela opacidade e absoluta falta de transparência: 100MM€ emprestados a uma taxa de juro de 3% por um prazo de 15 anos, sendo que nos primeiros 5 anos existirá uma carência de pagamento de juros e capital e, portanto, a operação não influenciará o deficit orçamental e apenas se repercutirá na dívida pública do Estado. A serem condições verdadeiras, percebe-se a (relativa) satisfação de Rajoy, sobretudo se as cotejar com as que estiveram associadas aos resgates grego, irlandês e português. Em todo o caso a prudência manda não dar o assunto por encerrado e continuar a aguardar que de desvendem mais pormenores de um negócio que se deveria ter pautado pela máxima transparência e clareza. Do que parece já não haver dúvidas, sobretudo depois das declarações públicas de Durão Barroso, é que este resgate foi claramente imposto a Rajoy pela União Europeia, tendo as autoridades espanholas feito tudo quanto esteve ao seu alcance para o protelat ou evitar. Apesar de, publicamente, a história que foi divulgada ter sido, justamente, a contrária.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Joao Pedro Dias às 21:51






links

ORGANIZAÇÕES EUROPEIAS

COMUNICAÇÃO SOCIAL



comentários recentes

  • Jorge Greno

    Mas então o Português deixou de ser língua oficial...

  • Pedro

    Bom dia,O Casa Europa está novamente em destaque n...

  • Henrique Salles da Fonseca

    BRAVO!!!Todos os políticos no activo praticaram o ...

  • O mais peor

    Até que enfim o sapo destaca um blogue de valor qu...

  • De Puta Madre

    Eu Gostaria que o Espaço Europeu não Tivesse nos S...

  • Dylan

    Se no caso egípcio, algumas pessoas acharam por be...

  • Carlos Medeiros

    Gostei do post. Estou totalmente de acordo. E cons...

  • silveira

    Não é isso que diz a notícia!... De qualquer forma...

  • silveira

    Se eu fosse juíz sentiria vergonha por esta rejeiç...

  • silveira

    É claro como água!... Para voltarmos a ter justiça...