Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Passos Coelho garante apoio à entrada da Sérvia na União Europeia

Segunda-feira, 03.10.11

"Os primeiros-ministros de Portugal e da Sérvia abordaram hoje as relações bilaterais nas áreas política, económica e cultural num encontro em São Bento, com Pedro Passos Coelho a garantir apoio à adesão da Sérvia à União Europeia. Passos Coelho afirmou que os dois países têm “desenvolvido uma relação muito próxima”, recordando o primeiro tratado assinado entre Portugal e a Sérvia celebrado há 100 anos, e afirmando que “a Sérvia tem todas as condições para ser o próximo país a integrar a União Europeia”. As relações comerciais entre os dois países “são ainda relativamente incipientes”, e para “muitas empresas portuguesas, a posição geográfica da Sérvia pode ser uma grande oportunidade”, disse o primeiro-ministro português. Passos Coelho referiu também os “acordos de comércio que a Sérvia tem”, quer nos Balcãs quer na Europa oriental, que “podem ser extremamente diferenciadores para os investidores portugueses”, e que para a Sérvia interessa a posição de Portugal “junto dos países do Mercosul e África”, nomeadamente Angola. Toda a “região dos Balcãs é indispensável para uma Europa unificada, não é possível ter a Europa sem os Balcãs e não é possível ter os Balcãs dentro da Europa sem ter a Sérvia”, acrescentou Passos Coelho. O primeiro-ministro sérvio, Mirko Cvetkovic, em declarações conjuntas aos jornalistas no final da reunião, reforçou “o total apoio de Portugal às aspirações servias”, de fazer parte da União Europeia. Mirko Cvetkovic referiu-se também às relações entre a Sérvia e o Kosovo defendendo uma “solução de paz para a região que pode e deve ser resolvida por via diplomática”, e do diálogo. O primeiro-ministro sérvio afiançou ainda que “o comércio e o investimento num período de crise, pode beneficiar os dois países”, temas que serão aprofundados esta noite, durante um jantar oferecido por Passos Coelho. A agenda incluiu ainda a actual situação do Médio Oriente, assuntos relacionados com as Nações Unidas e a possibilidade de envolver o Instituto Camões na relação cultural. No âmbito da visita do primeiro-ministro sérvio, na terça-feira, vai realizar-se a conferência “Oportunidades de Negócios na Sérvia”, que visa mostrar aos empresários nacionais as oportunidades de investimento no país". [Fonte]

 

A avaliar pela notícia transcrita, parece que nem a grave crise que afecta a União Europeia e a generalidade dos seus Estados-Membros contribui para uma reflexão aprofundada sobre os caminhos futuros e próximos da União. Numa altura de completa falta de norte, de rumo e de lideranças, insistir no caminho dos alargamentos sucessivos da União não parece ser o caminho mais avisado e o trilho mais seguro a seguir pela UE. De resto, para quem tiver memória, por certo não dissociará o último mega-alargamento da União da profunda crise (sobretudo institucional) que a União a partir de então começou a atravessar. Os episódios são imensos e não é necessário recordá-los. Bastará mencionar o facto para evitar o esquecimento. É a essa luz que parece pouco avisado, para não dizer errático, em momento de crise grave e profunda continuar a falar e a admitir novos alargamentos da União. Ademais - alargamentos «polémicos» e não absolutamente pacíficos, que a concretizarem-se não deixariam de conduzir para dentro da União factores de divergência e dissensão ainda não totalmente resolvidos. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Joao Pedro Dias às 23:44






links

ORGANIZAÇÕES EUROPEIAS

COMUNICAÇÃO SOCIAL



comentários recentes

  • Jorge Greno

    Mas então o Português deixou de ser língua oficial...

  • Pedro

    Bom dia,O Casa Europa está novamente em destaque n...

  • Henrique Salles da Fonseca

    BRAVO!!!Todos os políticos no activo praticaram o ...

  • O mais peor

    Até que enfim o sapo destaca um blogue de valor qu...

  • De Puta Madre

    Eu Gostaria que o Espaço Europeu não Tivesse nos S...

  • Dylan

    Se no caso egípcio, algumas pessoas acharam por be...

  • Carlos Medeiros

    Gostei do post. Estou totalmente de acordo. E cons...

  • silveira

    Não é isso que diz a notícia!... De qualquer forma...

  • silveira

    Se eu fosse juíz sentiria vergonha por esta rejeiç...

  • silveira

    É claro como água!... Para voltarmos a ter justiça...