Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Fundo de emergência para a estabilização do euro e eleições na Renânia do Norte-Vestefália

Domingo, 09.05.10
  1. Os Ministros das Finanças da UE concretizam acordo a que chegaram na sexta-feira os chefes de Estado e governo da zona euro e anunciam a criação de um fundo europeu de emergência para a estabilização do euro no montante de 750MM€. A responsabilidade pela capitalização deste fundo cabe em ‎440 MM€ aos Estados Membros da UE, em 60 MM€ à Comissão europeia e em 250 MM€ ao FMI. O Reino Unido já anunciou que não contribuirá para o fundo. Brown, derrotado nas urnas mas agarrado ao poder, parece ter esquecido que em 1992 a própria libra foi alvo dos ataques dos especuladores...
  2. A coligação que governa a Alemanha, composta pelos democratas cristãos da CDU, liderados pela chanceler Angela Merkel, e pelo Partido Liberal (FDP) perdeu as eleições locais na Renânia do Norte-Vestefália. Trata-se de uma derrota penalizadora e com consequências que vão muito para além do âmbito estadual da Renânia do Norte-Vestefália. Perdendo o governo da região, Merkel perde a maioria de que dispunha no Bundesrat, a Câmara Alta do Parlamento federal. Um golpe duro para a chefe do governo de Berlim, a mesma que, recorde-se, tem condicionado a agenda política europeia aos seus interesses nacionais com o mesmo despudor com que traiu e abandonou à sua sorte o ex-chanceler Helmut Kohl, artífice da reunificação alemã e mentor de uma «Alemanha europeia» em detrimento de uma Europa germanizada.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Joao Pedro Dias às 19:27