Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A Europa do directório

Sexta-feira, 14.05.10

O caminho para uma Europa do directório nunca conduziu, historicamente, a bons resultados. Insistir no método, independentemente de quem integre o directório, não parece prudente nem recomendável. Substituir Merkel por Sarkozy é ter mais do mesmo. A Europa da União só pode ser reabilitada quando o método comunitário voltar a sobrepor-se aos interesses individuais e nacionais. Até lá, continuaremos a ter a chanceler Merkel - ou qualquer outro líder europeu - a fazer depender o resgate do euro dos calendários políticos e eleitorais internos. O que falta à Europa é mais Europa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Joao Pedro Dias às 18:54