Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O relançamento da cooperação política transatlântica

Segunda-feira, 23.08.10

[Palma de Maiorca] Causa um misto de sensações opostas em Espanha o anúncio formal por parte da Casa Branca de que o Presidente Barack Obama estará em Lisboa, no próximo mês de Novembro, para participar na Cimeira do Conselho do Atlântico Norte, onde será definido o novo conceito estratégico da NATO e, simultaneamente, reunir em Cimeira com a liderança colegial da UE. Madrid ainda não digeriu bem a recusa de Obama em se deslocar a Espanha durante a passada presidência rotativa espanhola da UE, para a Cimeira bilateral que chegou a estar agendada. Ciúmes e amuos à parte, tratar-se-á de um momento maior das diplomacias europeia e norte-americana para reforçar e relançar a cooperação polí­tica transatlântica. Porque momentos destes não abundarão nos anos vindouros, nomeadamente até final da (primeira) administração Obama, e porque a sua importância se afigura inquestionável – sobre­tudo para uma UE que aspirando a desempenhar um lugar político no mundo compatível com o seu estatuto económico, não se pode dar ao luxo de cultivar uma diplomacia de amuos – impõe-se que não seja um momento perdido. Haverá novas ocasiões de voltar ao tema.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Joao Pedro Dias às 03:22