Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



As asneiras do senhor Trichet

Quinta-feira, 09.09.10

Retomando teses sustentadas pela chanceler Ângela Merkel, o Presidente do BCE, Jean Claude Trichet, veio defender hoje um "salto quântico" no reforço das sanções para os países que violem as regras do Pacto de Estabilidade e Crescimento, chegando à suspensão dos direitos de voto no âmbito do Conselho da UE. A forte crise em que a Europa tem estado submergida parece ter retirado discernimento ao Presidente do BCE. A sugestão apresentada é algo que só se concretizaria mediante nova alteração dos Tratados. O que suporia convocar uma nova CIG e relançar a UE num novo debate institucional, com todas as implicações, paralisações e indefinições que tal suporia. Ora, isso é tudo o que a Europa da União dispensa nos tempos que passam. E que o senhor Trichet tem estrita obrigação de saber. O que a UE necessita é de aprofundar a sua integração e aperfeiçoar os mecanismos conducentes ao cumprimento das disposições assumidas por todos os Estados membros no âmbito do PEC. A apreciação prévia dos orçamentos dos Estados que estejam em situação de violação do Pacto pode ser um dos caminhos a seguir. Reabrir o debate institucional e as querelas jurídicas em torno dos Tratados, quando ainda se encontram por cicatrizar algumas feridas resultantes do Tratado de Lisboa, assemelha-se a fazer a apologia da estrada da desunião.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Joao Pedro Dias às 00:22