Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



V.Exas importam-se de se entender, de uma vez por todas?

Segunda-feira, 26.09.11

Duas notícias contrastantes marcam o dia de hoje:

Europa pondera aumento do fundo de resgate para dois biliões 

Alemania responde a Bruselas que no reforzará el fondo de rescate

Ambas as notícias saíram o dia de hoje. A primeira, a ser verdadeira, seria boa em demasia. Significaria que a União Europeia se estaria a dotar de um verdadeiro Fundo de Estabilidade Financeira, suficientemente forte para fazer face a quaisquer investidas contra o euro, sobretudo se as mesmas tiverem Itália ou Espanha por objecto. Significaria que Bruxelas transmitiria aos mercados uma mensagem de união e coesão até agora inexistente. Infelizmente, hoje mesmo, o Ministro alemão das Finanças já se encarregou de vir desmentir o Comissário Europeu, negando qualquer plano europeu que aponte nesse sentido. Ou seja, quanto mais a Europa da União parece aproximar-se do precipício para que inelutavelmente se encaminha, mais os seus principais responsáveis parecem apostados em facilitar esse caminho, quiçá mesmo em dar o empurrãozinho que por vezes parece faltar. Tarde ou cedo a liderança europeia chegará à inelutável conclusão de que o projecto europeu só se poderá salvar, se necessário for, à custa dos interesses particulares de alguns dos seus Estados-Membros. A questão está em saber se, esse momento vindouro, não será demasiadamente tardia. Porque os europeus de hoje, com os seus líderes â cabeça, parece ainda não terem compreendido que o futuro se joga no quadro dos grandes espaços geopolíticos - sejam eles os EUA, a China, o Brasil, a Índia, a Oceânia..... ou a própria Europa. E, nessa lógica, será contra-corrente que a Europa da União regredirá à época das suas soberanias parciais e limitadas - onde a maior das suas partes não será mais do que uma ínfima e irrelevante parte no quadro dos grandes espaços que já se estruturam. É a consciência desta realidade que parece tardar. E por isso urge denunciá-la. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Joao Pedro Dias às 21:42